• search
  • Entrar — Criar Conta

Um senador pelo RN

Ex-Ministro de Jair Bolsonaro lança-se ao Senado para ajudar a tirar o Rio Grande do Norte do atraso.

*Franklin Jorge

[email protected]

Creio que Rogério Marinho seria o nome ideal para governar o Rio Grande do Norte. Seu recente desempenho como titular do Ministério do Interior comprova sobejamente sua capacidade gestora.

Seria o nome ideal, não tivesse se decidido pelo Senado, justamente num momento em que se faz necessário que elejamos alguém com o seu perfil, após sucessivas catástrofes prefiguradas em governantes sem projetos e sem capacidade de ação, como ficou demonstrado por Garibaldi Alves [que se tornou o “governo das águas’’ por mero golpe mediático, para justificar a venda aleatória da Cosern e calar o clamor que se levantava contra essa privatização até hoje mal explicada]; e demais bonecos que o sucederam no cargo, como Wilma de Faria, Rosalba Ciarline, Robinson Faria e essa famigerada comedora de pipocas a trinchar a carne com os dentes, que almeja disputar a reeleição.

Embora não possua o dom da palavra, ao contrário do falante ex-governador Geraldo Melo, recentemente falecido, que engabelou o nosso povo e arruinou a agricultura, a educação, a saúde e a cultura potiguares, o ex-ministro Rogério Marinho tem o talento de fazer bem o que faz, pois será dos nossos políticos um dos poucos que se dispõem a planejar, como fez ao tempo em que foi secretário do município e instituiu o  Natal 2015, projeto que fez uma radiografia completa e meticulosa dos problemas do município e, de posse de seu extraordinário conhecimento da nossa realidade, se dispôs a planejar o futuro da cidade em mais de uma dezena de segmentos que incluíam a Educação, a Saúde, a Habitação, a Cultura, a Infraestrutura e demais questões de interesse público. E, ao fazê-lo, certamente tinha em mente eleger-se prefeito; um prefeito consciente de todos os problemas que ainda hoje nos afligem e continuam sem solução, ou têm sido pontualmente remendados por governantes despreparados, mal assessorados e sem visão, como Micarla de Souza e o atual meio-prefeito que em má hora nos doou o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves.

Apesar de sua opção em detrimento do Governo do Estado, para o qual está sem dúvida habilitado, votarei nele para o Senado, certo de que dará o melhor de si por esta sofrida e espoliada Terra de Poti.

Política de Privacidade — Garantir a confidencialidade dos dados pessoais dos usuários é de alta importância para nós, todas as informações pessoais relativas a membros, assinantes, clientes ou visitantes que utilizam nossos sistemas serão tratadas em concordância com a Lei da Proteção de Dados Pessoais de 26 de Outubro de 1998 (Lei n.º 67/98). As informações pessoais recolhidas podem incluir nome, e-mail, telefone, endereço, data de nascimento e/ou outros. O uso de nossos sistemas pressupõe a aceitação deste Acordo de Privacidade. Reservamos o direito de alterar este acordo sem aviso prévio, por isso recomendamos que você verifique nossa política de privacidade regularmente para manter-se atualizado(a). Anúncios — Assim como outros sites, coletamos e utilizamos informações contidas em anúncios, como seu endereço de IP (Internet Protocol), seu ISP (Internet Service Provider), o navegador utilizado nas visitas a nossos sites (Chrome/Safari/Firefox), o tempo de visita e quais páginas foram visitadas. Sites de Clientes — Possuímos ligação direta com os sites de nossos clientes, os quais podem conter informações/ferramentas úteis para seus visitantes. Nossa política de privacidade não se aplica a sites de clientes, caso visite outro site a partir do nosso, deverá ler sua própria politica de privacidade. Não nos responsabilizamos pela política de privacidade ou conteúdo presente nesses sites. Para maiores informações, entre em contato conosco.