• search
  • Entrar — Criar Conta

Próximo governador do RN usa cuecas

Fundador de Navegos reporta-se à boa recepção do anuncio da candidatura do Senador Styvenson Valentim ao Governo do Estado.

*Franklin Jorge

[email protected]

No embate eleitoral que se avizinha tudo parece convergir para um ponto: o próximo governador do Rio Grande do Norte usa cuecas e mija de pé. Ao contrário do que alardeia a imprensa amestrada, jornalistas e blogueiros de aluguel.

Das conversas que tenho ouvido, aqui e ali e por informações vindas do interior do estado, nome da vez parece ser, nem A nem B, mas o senador Styvenson Valentim, mesmo para quem não aprova suas performances histriônicas que beiram o ridículo e o grotesco, admite o voto em um politico que não usou o seu mandato para fazer o mal aos norte-riograndenses, além do que – todos são unânimes ao lembra-lo – não comeu pipocas, não trinchou o churrasco com os dentes nem usou o mandato para locupletar-se, ao contrario de outros,  e deu bom exemplo ao usar com comedimento e respeito aos contribuintes os recursos que têm assegurado, geração após geração,  boa vida, sombra e água fresca a políticos escolados.

De temperamento impulsivo, tem se pautando enquanto parlamentar pela lei e pela ordem, o que nos parece inacreditável, acostimados quie estamos com os caboclos da aldeia. O acreano que aqui  chegou como Policial Rodoviário,  logo se fez conhecido por fazer cumprir a norma. Bastou isto para que Styvenson Valentim se fizesse famoso e suas blitzens se tornassem  motivo de esperança para todos.

em seu afã legalista chegou a deter um deputado que dirigia embriagado e se achava acima da lei. Por suas ações, caiu no gosto do povo, que há muito esperava por alguém como ele, capaz de no cumprimento da lei contrariar poderosos arruaceiros de longos costados. Elegeu-se Senador como prova deste reconhecimento popular. Às vezes rimos dele por suas performances espalhafatosas, senão ridículas e grotescas, como se apresentar com uma enorme palmatoria em punho, prometendo espalmatear corruptos ou, como agora, atrasando o anuncio de sua candidatura sob a alegação de que ainda não recebera autorização de sua Santa Mãezinha para concorrer ao Governo do Estado… Rezemos para que num futuro próxima essa senhora não venha constituir entrave à administração pública e o Rio Grande do Norte possa, finalmente, trilhar o bom caminho em favor de todos. Já tenho até o Terço, que Toinho Silveira me trouxe de uma de suas numerosas viligiaturas em redor do Planeta. Enquanto escrevo estas linhas, ele, o Terço, está me olhando, pendurado na maçaneta da porta.

Pelo que deduzo das considerações feitas, por um por outro, após o anuncio da candidatura de Styvenson, a situação da governadora Fátima Bezerra é tão precária que, se algum espirito zombeteiro não entrar no páreo, Styvenson descartará a petralha logo no Primeiro Turno

Não são poucas as pessoas que categoricamente afirmam: Qualquer um, menos a Comedora de Pìpocas, que de notável apenas contribuiu em seu governo desadorado para fomentar o desemprego e a falência de milhares de pequenos negócios, ao decretar durante a Pandemia que as pessoas ficassem em casa, roendo as unhas e aflig9ndo-se com o futuro,  pois a seu ver a economia seria coisa de menor importância e ficaria ”para depois”. Para essa pipoqueira maligna, importava mais boicotar o Presidente Jair Bolsonaro do que assegurar e garantir o bem-estar do povo norte-riograndense, e, em decorrência de seu ódio ativo e intermitente ao Presidente,  acabou promovendo o desemprego, os negócios faliram e a violência tomou conta de todos os recantos do estado, só para dar razão ao PT, partido que se distingue dos demais por ser declaradamente uma Organização Criminosa a lutar em favor de um Descondenado em prejuízo dos brasileiros.

Sem contar que a governadora tem usado mal ou sequer tem usado os abundantes recursos enviados por intermédio de seu governo ao nosso povo pelo diligente Presidente Jair Bolsonaro, que a maioria dos brasileiros veem, por sua capacidade de empreender e resolver problemas que pareciam insolúveis há gerações, como uma espécie de Messias capaz de redimir o Nordeste da miséria em que temos vivido sob os calcanhares de governantes demagogos e populistas que dos nordestinos só quiseram os votos.

O desempenho do terceiro candidato, em importância, na linha sucessória da professora que desde o começo de sua vida desertou da sala de aula para fazer politica sindical em prol de uma ideologia tirânica e sanguinária, não tem despertado o interesse que se podia esperar de alguém que foi deputado por tantos anos e, por último, condescendeu em ser o vice do ex-governador Robinson Faria, que, como todos vimos, foi esse monumental desastre que deixou o funcionalismo público sem salários e os recursos da aposentadoria dos servidores do Estado comprometidos. De forma que Fábio Dantas, deputado incolor por dois ou três mandatos e vice-governador ide Robinson Faria, pilota uma candidatura que não cresce nem aumenta, sobretudo agora que Styvenson entrou no páreo.

Política de Privacidade — Garantir a confidencialidade dos dados pessoais dos usuários é de alta importância para nós, todas as informações pessoais relativas a membros, assinantes, clientes ou visitantes que utilizam nossos sistemas serão tratadas em concordância com a Lei da Proteção de Dados Pessoais de 26 de Outubro de 1998 (Lei n.º 67/98). As informações pessoais recolhidas podem incluir nome, e-mail, telefone, endereço, data de nascimento e/ou outros. O uso de nossos sistemas pressupõe a aceitação deste Acordo de Privacidade. Reservamos o direito de alterar este acordo sem aviso prévio, por isso recomendamos que você verifique nossa política de privacidade regularmente para manter-se atualizado(a). Anúncios — Assim como outros sites, coletamos e utilizamos informações contidas em anúncios, como seu endereço de IP (Internet Protocol), seu ISP (Internet Service Provider), o navegador utilizado nas visitas a nossos sites (Chrome/Safari/Firefox), o tempo de visita e quais páginas foram visitadas. Sites de Clientes — Possuímos ligação direta com os sites de nossos clientes, os quais podem conter informações/ferramentas úteis para seus visitantes. Nossa política de privacidade não se aplica a sites de clientes, caso visite outro site a partir do nosso, deverá ler sua própria politica de privacidade. Não nos responsabilizamos pela política de privacidade ou conteúdo presente nesses sites. Para maiores informações, entre em contato conosco.