• search
  • Entrar — Criar Conta

Politicagem prejudica brasileiros

As ruas de Salvador, como da grande maioria das cidades brasileiras, ficaram vazias com o isolamento social. Um grande estímulo para saques e vandalismos, pois é óbvio que ninguém vive sem comer.

*Reynivaldo Brito

A politicagem que vem sendo posta em prática por alguns políticos desde a eleição de Jair Bolsonaro, com quase 58 milhões de votos, vem aos poucos mostrando suas caras e prejudicando o povo brasileiro. Procuram de qualquer forma, utilizando métodos condenáveis, encurralar o Presidente para que eles continuem com suas práticas políticas condenáveis, como as que se perpetuaram nos quase 20 anos de governos de esquerda.

Lembram que a grande satisfação dos caciques, donos de partidos políticos, ficavam ao receber um ministério “com porteira fechada”?  Além do ministro eles indicavam seus parceiros para os primeiros e segundo escalões. Era a sopa no mel, e assim puderam roubar bilhões e bilhões dos cofres públicos, e até mesmo dinheiro dos trabalhadores nos fundos de pensão, bancos e outras empresas estatais e ministérios. Era uma farra geral com o dinheiro suado do pagador de impostos. Muitos terminaram presos ou processados.

Porém, eles não pararam e continuam de todas as formas “articulando” no Congresso Nacional e nos demais poderes. Houve uma renovação com a vinda de bons e honestos parlamentares, porém o Congresso ainda é comandando e composto por mais de um terço de políticos que responde a processos por vários tipos de delito. Esta renovação precisa ser completada nas próximas eleições para que este novo Brasil respire melhor.

Dórea, numa videoconferência de governadores , atacou o presidente Bolsonaro e recebeu uma dura resposta.

Agora, com a chegada ao Brasil desta pandemia deste vírus que veio da China estes políticos inescrupulosos acharam que era uma grande oportunidade de atacar. Imediatamente, governadores e prefeitos de esquerda começaram a baixar todo tipo de decretos e medidas visando parar totalmente o país. Os governadores se reuniram em grupos.

Tudo começou com os incompetentes do Nordeste que sempre procuram o pior caminho. Depois o Dórea, conhecido oportunista que se elegeu na onda bolsonarista, também procurou liderar outros governadores das regiões sul e sudeste com o intuito de tirar vantagens e alavancar seu sonho de ser presidente da República.

Enquanto isto, o Rodrigo Maia, mais conhecido por Botafogo, articulava na Câmara Federal ao lado do David Alcolumbre, presidente do Senado, o Batoré, e com a interlocução do presidente do STF, Dias Toffoli, ex-advogado do PT a implantação do Parlamentarismo.

Percebendo que esta paralisação total colocaria o país num ambiente de caos favorável aos oportunistas o Presidente Jair Bolsonaro falando aos brasileiros disse que as pessoas não suscetíveis ao vírus, ou seja a grande força do trabalho que tem idade entre 18 a 59 anos deveria continuar trabalhando nas fábricas e em outras atividades. Desta forma o país continuava produzindo e criaria uma barreira imunológica como dizem os infectologistas. Já os idosos deveriam ficar em suas casas até que esta pandemia seja controlada e novos medicamentos sejam testados pelos cientistas e pesquisadores.

Novamente, uma onda dos oportunistas se levantou. Porém, agora eles estão com a batata quente nas mãos. Terão de recuar com muitas de suas medidas inconsequentes para que o país volte a funcionar parcialmente, afastando de vez este caos que queriam implantar.

Política de Privacidade — Garantir a confidencialidade dos dados pessoais dos usuários é de alta importância para nós, todas as informações pessoais relativas a membros, assinantes, clientes ou visitantes que utilizam nossos sistemas serão tratadas em concordância com a Lei da Proteção de Dados Pessoais de 26 de Outubro de 1998 (Lei n.º 67/98). As informações pessoais recolhidas podem incluir nome, e-mail, telefone, endereço, data de nascimento e/ou outros. O uso de nossos sistemas pressupõe a aceitação deste Acordo de Privacidade. Reservamos o direito de alterar este acordo sem aviso prévio, por isso recomendamos que você verifique nossa política de privacidade regularmente para manter-se atualizado(a). Anúncios — Assim como outros sites, coletamos e utilizamos informações contidas em anúncios, como seu endereço de IP (Internet Protocol), seu ISP (Internet Service Provider), o navegador utilizado nas visitas a nossos sites (Chrome/Safari/Firefox), o tempo de visita e quais páginas foram visitadas. Sites de Clientes — Possuímos ligação direta com os sites de nossos clientes, os quais podem conter informações/ferramentas úteis para seus visitantes. Nossa política de privacidade não se aplica a sites de clientes, caso visite outro site a partir do nosso, deverá ler sua própria politica de privacidade. Não nos responsabilizamos pela política de privacidade ou conteúdo presente nesses sites. Para maiores informações, entre em contato conosco.