• search
  • Entrar — Criar Conta

Incompetência, o outro nome de Fátima

Articulista de Navegos ressalta o despreparo e abstinência de ações efetivas da governadora em favor de um estado que agoniza aos olhos de todos, afogado em um oceano de inépcia, irracionalidade e fake news.

*Nadja Lira

A governadora Fátima Bezerra assumiu o comando Estado há quase dois anos e ainda não disse a que veio, demonstrando um completo despreparo para o cargo assumido. Com a desculpa de que o mundo vive uma Pandemia, ela se encontra igual a uma barata tonta e não consegue fazer coisa alguma para justificar o salário que recebe todo mês e sem atraso.

Considerando que o Rio Grande do Norte, assim como o resto do mundo sofre às agruras impostas pelo Coronavírus, Fátima Bezerra está, desde fevereiro, tentando aumentar os leitos de UTI e nada de efetivo foi feito até agora, apesar da ajuda substancial de verbas enviadas ao Estado pelo Governo Federal.

Do montante enviado ao RN pelo Governo Federal, ela deveria repassar a importância de 80 milhões para a Prefeitura Municipal do Natal, mas isto não foi feito, conforme tem sido amplamente publicado na Imprensa Potiguar. Ela também vem sendo acusada de realizar descontos de empréstimos consignados feitos pelos servidores, sem repassá-los aos bancos responsáveis.

Mas não é de hoje que a governadora faz jus à sua fama de caloteira. Desde que sentou na cadeira deixada por Robinson Faria, ele tratou de esquecer algumas responsabilidades importantes. Assim, ainda não pagou o percentual de periculosidade aos médicos, que tratam dos acometidos pelo Vírus Chinês, assim como não pagou os salários dos servidores atrasados desde 2018, desconhece dívidas com fornecedores e, embora sendo professora, nega-se a pagar o Piso Salarial dos Professores, cujo percentual não passa de míseros 12,84%.

Não bastasse as dificuldades impostas aos professores, ela pretende aumentar o percentual de desconto nos salários dos servidores, incluindo os aposentados. Seus próprios apoiadores criticam tal medida, porque vai ocasionar mais sofrimentos aos trabalhadores. A ironia que ela pertence ao partido que deveria defender os trabalhadores.

É difícil reconhecer na figura da governadora Fátima Bezerra, a aguerrida presidente do Sindicato dos Professores (Sinte/RN), que inflava o peito na defesa dos direitos de todos os servidores da Educação. Dessa pessoa hoje em dia, resta somente as lembranças de Bartô.

Em seus discursos de campanha ela prometia melhorar a segurança do Rio Grande, mas assim como esqueceu de melhorar o salário dos professores e médicos, também esqueceu a Segurança. Notícias publicadas na Internet dão conta de que, de janeiro a abril já foram registrados mais de 500 assassinatos no Estado.

Como se não bastasse sua incompetência para cuidar da Pandemia, ela ainda mente nas redes sociais, querendo colher louros de atos que foram praticados por outros. Assim foi feito quando o Presidente da República fez a doação de veículos para a Polícia Militar do Rio Grande do Norte e quando anunciou a doação de seiscentos reais para desempregados e pobres do Estado. Não satisfeita, ainda mentiu anunciando repasse do seu governo para as prefeituras no que foi prontamente desmentida pelos prefeitos.

Mentir, porém, parece ser uma das práticas naturais na vida desta paraibana, quando permitiu que a população acreditasse durante muito tempo, ter sido através de suas proposições, que o RN contou com a implantação de vários Institutos Federais. A verdade, contudo, foi reposta e quem lutou por este benefício foi Rosalba Ciarline. Ela, porém, jamais se deu ao trabalho de elucidar a verdade.

Em tempos tão difíceis, como os que estamos vivendo por causa do Vírus Chinês, eu e a torcida do ABC imaginávamos que a governadora tomaria algumas atitudes semelhantes às que foram tomadas por governadores de outros estados. No Rio Grande do Sul, Paraná, Acre e Piauí, entre outros, os gestores decidiram reduzir seus próprios salários em 15% ou 30%.

Enquanto no RN sabe-se que, caso a governadora esteja com um Sonrisal na mão e alguém a jogue dentro de uma piscina, ela é capaz se nadar até a margem sem problema e sair da água com o Sonrisal intacto.

Logo, levando-se em conta os atos de Fátima como governadora e o tempo em que ela foi deputada estadual e senadora, fica a pergunta: o que foi mesmo que ela já fez em benefício deste Estado que a acolheu?

Como podemos ver, o Rio Grande do Norte é um Estado sem sorte, visto que a população elege somente pessoas descomprometidas e que nada fazem em favor do Estado. Fátima Bezerra é apenas mais uma, que leva a incompetência no seu nome.

 

 

 

 

Política de Privacidade — Garantir a confidencialidade dos dados pessoais dos usuários é de alta importância para nós, todas as informações pessoais relativas a membros, assinantes, clientes ou visitantes que utilizam nossos sistemas serão tratadas em concordância com a Lei da Proteção de Dados Pessoais de 26 de Outubro de 1998 (Lei n.º 67/98). As informações pessoais recolhidas podem incluir nome, e-mail, telefone, endereço, data de nascimento e/ou outros. O uso de nossos sistemas pressupõe a aceitação deste Acordo de Privacidade. Reservamos o direito de alterar este acordo sem aviso prévio, por isso recomendamos que você verifique nossa política de privacidade regularmente para manter-se atualizado(a). Anúncios — Assim como outros sites, coletamos e utilizamos informações contidas em anúncios, como seu endereço de IP (Internet Protocol), seu ISP (Internet Service Provider), o navegador utilizado nas visitas a nossos sites (Chrome/Safari/Firefox), o tempo de visita e quais páginas foram visitadas. Sites de Clientes — Possuímos ligação direta com os sites de nossos clientes, os quais podem conter informações/ferramentas úteis para seus visitantes. Nossa política de privacidade não se aplica a sites de clientes, caso visite outro site a partir do nosso, deverá ler sua própria politica de privacidade. Não nos responsabilizamos pela política de privacidade ou conteúdo presente nesses sites. Para maiores informações, entre em contato conosco.