• search
  • Entrar — Criar Conta

Governadora decreta o fim do RN

A obrigatoriedade de ‘passaporte sanitário’, decretado pela governadora Fátima Bezerra, esvazia shoppings e provoca tensão e desespero entre empresários, patrões e empregados que passam a correr risco de falência e desemprego com exigência despropositada.

*Franklin Jorge

[email protected]

Em vigor desde a última sexta-feira, a exigência de ‘passaporte sanitário’ decretada pela governadora que representa o PT no estado, esvaziou o comercio e trouxe motivos de apreensão não apenas para empresários e empreendedores, mas para milhares de trabalhadores correm o risco de perder o emprego.

Não bastasse a situação de crescente dificuldade que atinge todos os setores produtivos, prejudicados por medidas de exceção em vigor durante a primeira e a segunda ondas da pandemia, que ao provocar a falência de empresas e consequentemente o desemprego, a violência e o desespero de pais de família, essa última medida adotada por um governo meramente midiático está parecendo a todos uma pá de cal sobre a esperança dos norte-riograndenses.

Recentemente indiciada por desvio de 50 milhões de reais, provenientes de recursos federais destinados pelo presidente Jair Bolsonaro para a aquisição de respiradouros que nunca foram entregues, a governadora parece se divertir com a miséria que consome e desespera grande parcela de trabalhadores. Sequer considera que estamos em um ano eleitoral e que todo erro cometido por governantes tem um considerável peso na contagem dos votos.

Curioso é que, no mesmo dia em que o decreto passou a vigorar, a governadora gazeou o expediente para visitar a deputada Bonavides, mostrando dessa forma uma perversa indiferença da realidade que prenuncia nenhum bem.

Fotos: Reproduções.

Em destaque, a Praça da Alimentação do Midway Mall deserta; abaixo, governadora gazeia expediente na última sexta-feira para bater papo com deputada Natália Bonavides após decretar exigência do 'passaporte sanitário'.

Política de Privacidade — Garantir a confidencialidade dos dados pessoais dos usuários é de alta importância para nós, todas as informações pessoais relativas a membros, assinantes, clientes ou visitantes que utilizam nossos sistemas serão tratadas em concordância com a Lei da Proteção de Dados Pessoais de 26 de Outubro de 1998 (Lei n.º 67/98). As informações pessoais recolhidas podem incluir nome, e-mail, telefone, endereço, data de nascimento e/ou outros. O uso de nossos sistemas pressupõe a aceitação deste Acordo de Privacidade. Reservamos o direito de alterar este acordo sem aviso prévio, por isso recomendamos que você verifique nossa política de privacidade regularmente para manter-se atualizado(a). Anúncios — Assim como outros sites, coletamos e utilizamos informações contidas em anúncios, como seu endereço de IP (Internet Protocol), seu ISP (Internet Service Provider), o navegador utilizado nas visitas a nossos sites (Chrome/Safari/Firefox), o tempo de visita e quais páginas foram visitadas. Sites de Clientes — Possuímos ligação direta com os sites de nossos clientes, os quais podem conter informações/ferramentas úteis para seus visitantes. Nossa política de privacidade não se aplica a sites de clientes, caso visite outro site a partir do nosso, deverá ler sua própria politica de privacidade. Não nos responsabilizamos pela política de privacidade ou conteúdo presente nesses sites. Para maiores informações, entre em contato conosco.