• search
  • Entrar — Criar Conta

Carta de uma leitora brasileira na Europa

A autora do texto abaixo mora na Europa e deseja manter seu perfil oculto.  Ela comenta o que descreveu em artigo reproduzido aqui em 08/01/2022 sobre o suicídio multicultural da Alemanha, que capitulou ao Islamismo. Diz ela:

*Maria da Conceição.

[email protected]

Muito obrigado pelo artigo de Giulio Meotti sobre o ‘suicídio multicultural da Alemanha’, e sobre o seu recente ‘statement’ de que mesmo vacinado, não apoia a imposição do passaporte sanitário – o qual, independentemente de qualquer discurso sobre as vacinas, nada mais é do que um pretexto para a instalação do maior sistema de controle da população mundial já imaginado.

Meotti tem razão: este é o caminho que a Alemanha tem seguido e a agenda, para sua (‘conspiração-teórica’) Islamização. Algumas fontes estimam que até 2030, aproximadamente 70 milhões de imigrantes de países islâmicos estarão chegando à Europa para serem divididos entre Alemanha, Áustria, Itália, Holanda, França, Itália e Escandinávia… Curiosamente, são na maioria homens de idade militar. Os que têm chegado nas últimas semanas, apesar de todas as regras de higiene e sanitárias, são até isentos delas, não precisam de testes, nem de vacinas, recebendo imediatamente privilégios e liberdades que os europeus não têm há muito tempo.  Na Holanda, por exemplo, já estão sendo empregados na polícia e força militar, exatamente para conter as crescentes manifestações da população contra os respectivos governos e contra o passaporte sanitário.

Convivo muito bem com muitos deles de modo pacífico e civilizado, muitos são educados e bem integrados na sociedade. Tento manter uma boa relação com todos, e não somente com os islâmicos, mas também com os imigrantes da comunidade ‘Roma’ – uma relação neutra e pacífica, diferente da postura dos partidos chamados de ‘extrema direita’ daqui. Enfim, essas pessoas que estão chegando nem sabem que estão sendo instrumentalizadas como massas de manobra.

Também tenho muitos colegas e amigos turcos – sobretudo artistas… Apesar da reputação de ‘ ditador ‘ que Erdogam tem mundo afora, muitos austríacos e alemães estão considerando seriamente imigrar para a Turquia neste momento – sendo lá um dos poucos países onde ainda há um pouco de liberdade (!!!). E os turcos, diferentes dos islâmicos fundamentalistas, têm uma visão do mundo mais aberta e cosmopolita. Até a liberdade religiosa por lá é maior que na Alemanha e Áustria no momento (um paradoxo, quando a União Europeia considera até extinguir feriados cristãos como Páscoa e Natal !). Curiosamente, Erdogam (apesar de sua ditadura …) parece ser um dos obstáculos no avanço do globalismo socialista ateu e mais tolerante que nossos ditadores de colarinho branco.

Concordo com Meotti não somente em respeito à Alemanha: a Europa está em colapso, assim como a forma institucional do cristianismo como o conhecíamos.  Mas existe um fenômeno promissor acontecendo: várias figuras públicas e líderes religiosos  – como recentemente arcebispos alemães (que foram imediatamente censurados e caluniados após expressarem suas análises da atual crise),  nos EUA, junto com outros, o controverso Arcebispo Carlo Maria Viganò (uma sumidade que denuncia perfeitamente a agenda comunista que corrompe setores do clero desde o Concílio Vaticano II, entre outros escândalos), tem se manifestado, criando uma reflexão interna, que com certeza, está levando as pessoas a acordarem,  separando o joio do trigo. E não só no campo religioso, é claro: conforme a agenda e ditadura global-comunista continua avançando violentamente por aqui, continua também avançando uma grande resistência – na verdade, o florescer de uma Renascença de pensadores, médicos, psicólogos, artistas, cientistas e poetas defensores da Liberdade. Uma verdadeira Revolução Cultural que dificilmente poderá ser contida.

Espero que seja assim e que esta Renascença chegue logo ao Brasil – para acordar as pessoas para o fato de que não é ‘culpa do Bolsonaro ‘gelocida’ ( está muito frio aqui, conforme NÃO profetizou a ‘Grita’…) , mas de um fenômeno mundial de instalação da maior ditadura de todos os tempos, absolutamente sem precedentes… a qual, com Consciência e Providência, se Deus quiser, ainda podemos reverter.

Um grande abraço!

Maria da Conceição

Foto: construção de mesquitas proliferam como moscas na Alemanha e islâmicos forçam europeus a engolir de goela abaixo sua cultura repressora.

Política de Privacidade — Garantir a confidencialidade dos dados pessoais dos usuários é de alta importância para nós, todas as informações pessoais relativas a membros, assinantes, clientes ou visitantes que utilizam nossos sistemas serão tratadas em concordância com a Lei da Proteção de Dados Pessoais de 26 de Outubro de 1998 (Lei n.º 67/98). As informações pessoais recolhidas podem incluir nome, e-mail, telefone, endereço, data de nascimento e/ou outros. O uso de nossos sistemas pressupõe a aceitação deste Acordo de Privacidade. Reservamos o direito de alterar este acordo sem aviso prévio, por isso recomendamos que você verifique nossa política de privacidade regularmente para manter-se atualizado(a). Anúncios — Assim como outros sites, coletamos e utilizamos informações contidas em anúncios, como seu endereço de IP (Internet Protocol), seu ISP (Internet Service Provider), o navegador utilizado nas visitas a nossos sites (Chrome/Safari/Firefox), o tempo de visita e quais páginas foram visitadas. Sites de Clientes — Possuímos ligação direta com os sites de nossos clientes, os quais podem conter informações/ferramentas úteis para seus visitantes. Nossa política de privacidade não se aplica a sites de clientes, caso visite outro site a partir do nosso, deverá ler sua própria politica de privacidade. Não nos responsabilizamos pela política de privacidade ou conteúdo presente nesses sites. Para maiores informações, entre em contato conosco.