• search
  • Entrar — Criar Conta

A volta do samba do crioulo doido

Fundador de Navegos evoca um dos maiores  cronistas de sua época, precocemente falecido, criador de um novo gênero literário – o Besteirol – e de uma galeria de tipos irreverentes que engrandecem o espírito carioca.

*Franklin Jorge

[email protected]

Excepcional cronista da vida brasileira no século passado, Stanislaw Ponte Preta, pseudônimo do jornalista e bancário Sérgio Marcus Rangel Porto,  marcou uma época no jornalismo brasileiro com a criação duma galeria de tipos inesquecíveis que se tornaram familiares para milhões de leitores, passando das páginas dos jornais para uma dezena de livros de grande popularidade em fins dos anos de 1960 e começos da década seguinte.

Cronista irreverente da vida carioca, percebeu que a imbecilidade constitui um importante tema a ser explorado, no seu caso, numa prosa jornalística fluente, de grande oralidade, que se tornou rapidamente em objeto de consumo para uma grande parcela de leitores brasileiros, ávidos de novidades, que de imediato se identificaram com personagens como a Tia Zulmira, o Primo Altamirando, o Rosamundo, o Pedrinho, o ”Garoto Linha Dura” que seria uma figura paradigmática dos chamados dedos-duros ou alcaguetes, entre muitas outras figuras cheias de vida que compõem essa Comédia Humana carioca que enforma e contém o espírito de uma época.

Falecido aos 45 anos, em 1968, se vivo fosse Sérgio Porto teria em figuras arrogantes e ridículas, como o ministro Alexandre de Moraes, entre outros togados e parlamentares associados ao crime organizado e aos narcotraficantes um inesgotável leque de personagens aptos a sintetizar e resumir o que há atualmente de mais podre e abominável no cenário político de um país que tem se notabilizado pelo fato de não ser nada sério, conforme a arguta observação do Conde de Gobineau, depois apropriada e celebrizada pelo Presidente Charles De Gaulle que a difundiu e tornou universalmente popular.

Sucesso jornalístico e editorial extraordinários, as crônicas, em sequencia reunidas em uma coleção de livros de grande apelo popular, Sergio Porto, como bom observador dos fatos, conquistou o público e se fez notar por sua verve ao produzir um corolário de verdades contundentes reunidas em uma serie que se tornaria conhecida como Febeapá – Festival de besteira que assola o país – uma antologia de chistes e ridículos cometidos por autoridades e pessoas notórias. Sem dúvida, terá criado em seus escritos um novo gênero literário, o Besteirol que reduz a crônica política a uma inesgotável sucessão de anedotas.

Figuras como Maria da Penha, Gleide Hoffmann, Jean Willis, Renan Calheiros, Rodrigo Pacheco, Randolfe Rodrigues, Luiz Facchin, Luiz Roberto Barroso, o Boca de Veludo, Fátima Bezerra, Gilmar Mendes, entre outros da mesma caterva de seres reles e ordinários.

Política de Privacidade — Garantir a confidencialidade dos dados pessoais dos usuários é de alta importância para nós, todas as informações pessoais relativas a membros, assinantes, clientes ou visitantes que utilizam nossos sistemas serão tratadas em concordância com a Lei da Proteção de Dados Pessoais de 26 de Outubro de 1998 (Lei n.º 67/98). As informações pessoais recolhidas podem incluir nome, e-mail, telefone, endereço, data de nascimento e/ou outros. O uso de nossos sistemas pressupõe a aceitação deste Acordo de Privacidade. Reservamos o direito de alterar este acordo sem aviso prévio, por isso recomendamos que você verifique nossa política de privacidade regularmente para manter-se atualizado(a). Anúncios — Assim como outros sites, coletamos e utilizamos informações contidas em anúncios, como seu endereço de IP (Internet Protocol), seu ISP (Internet Service Provider), o navegador utilizado nas visitas a nossos sites (Chrome/Safari/Firefox), o tempo de visita e quais páginas foram visitadas. Sites de Clientes — Possuímos ligação direta com os sites de nossos clientes, os quais podem conter informações/ferramentas úteis para seus visitantes. Nossa política de privacidade não se aplica a sites de clientes, caso visite outro site a partir do nosso, deverá ler sua própria politica de privacidade. Não nos responsabilizamos pela política de privacidade ou conteúdo presente nesses sites. Para maiores informações, entre em contato conosco.