• search
  • Entrar — Criar Conta

A capela do engenho Cruzeiro

Colaborador de Navegos nos conta a história da Capela de São Francisco, do Engenho Cruzeiro, patrimônio cultural do Ceará-Mirim.

*Gerinaldo Moura da Silva

A capela do Engenho Cruzeiro dedicada a São Francisco, não teve sua construção igual ou paralela à da casa grande. Apenas 05 (cinco) anos depois de concluída a mansão senhorial conforme consta em sua fachada principal – 1899, é que a capela ficou oficialmente pronta: 1904.

A capela foi construída pelo proprietário do Engenho Cruzeiro, o Coronel Francisco José Soares, edificando-a de maneira bastante sólida e bonita, sendo atualmente de grande valor arquitetônico, tendo em vista o seu bom estado de conservação em detrimento de outros monumentos existentes pelo vale e na cidade que estão se transformando em ruínas muito rapidamente, desaparecendo do espaço físico, restando apenas no espaço-memória.

Por ter sido construída após a Abolição dos escravos, a capela tem apenas um pavimento, e sua planta é em forma de cruz onde existe ainda uma cúpula, lembrando as mesquitas árabes. Possui ainda duas colunas onde repousam sobre as mesmas, duas torres em forma de pirâmides.

O acesso principal se dá através de uma ampla porta central, que é valorizada por uma pequena escadaria guarnecida por uma pequena calçada elevando-a do chão, como se fosse um pequeno patamar e em cima da porta, existe uma pequena janela dando um toque final de beleza na fachada principal.

O interior do pequeno templo recebeu o mesmo carinho e embelezamento exterior, onde vemos duas capelas laterais que dão ao edifício religioso, sua característica fixada na planta cruciforme, ou seja, em forma de cruz.

Apesar de o templo ter ficado alguns anos fechado, teve melhor sorte do que a Casa Grande do Engenho Cruzeiro, bem como várias outras construções seculares que se acabaram relegadas ao abandono, pois, não teve nenhuma modificação em sua estrutura, a não ser a substituição de seus vitrais originais por janelas de madeira.

Destaca-se, ainda, a conservação do seu piso que foi feito de tijolos e cimento com colunas internas muito bem acabadas, além de tudo, as tesouras do teto são consideradas verdadeiras obras de arte pelo cuidado e capricho com que foram confeccionadas para a sustentação do telhado.

Atualmente, a Paróquia de Nossa Senhora da Conceição é a responsável pelas celebrações na capela da comunidade do Engenho Cruzeiro, que abrange ainda os engenhos Mucuripe, Umburanas, Trigueiro e Verde Nasce.

Política de Privacidade — Garantir a confidencialidade dos dados pessoais dos usuários é de alta importância para nós, todas as informações pessoais relativas a membros, assinantes, clientes ou visitantes que utilizam nossos sistemas serão tratadas em concordância com a Lei da Proteção de Dados Pessoais de 26 de Outubro de 1998 (Lei n.º 67/98). As informações pessoais recolhidas podem incluir nome, e-mail, telefone, endereço, data de nascimento e/ou outros. O uso de nossos sistemas pressupõe a aceitação deste Acordo de Privacidade. Reservamos o direito de alterar este acordo sem aviso prévio, por isso recomendamos que você verifique nossa política de privacidade regularmente para manter-se atualizado(a). Anúncios — Assim como outros sites, coletamos e utilizamos informações contidas em anúncios, como seu endereço de IP (Internet Protocol), seu ISP (Internet Service Provider), o navegador utilizado nas visitas a nossos sites (Chrome/Safari/Firefox), o tempo de visita e quais páginas foram visitadas. Sites de Clientes — Possuímos ligação direta com os sites de nossos clientes, os quais podem conter informações/ferramentas úteis para seus visitantes. Nossa política de privacidade não se aplica a sites de clientes, caso visite outro site a partir do nosso, deverá ler sua própria politica de privacidade. Não nos responsabilizamos pela política de privacidade ou conteúdo presente nesses sites. Para maiores informações, entre em contato conosco.