• search
  • Entrar — Criar Conta

80 anos da Rádio Educadora de Natal (VII)

Minucioso pesquisador e Colaborador de Navegos, atento aos detalhes faz surpreendentes descobertas que enriquece a história do rádio em Natal.  

*José Vanilson Julião

No alvorecer de 1939, Natal ainda é uma ilha no meio das vizinhas, Fortaleza e João Pessoa, entre as capitais nordestinas que contam com emissoras, como também Recife e Salvador. Desde dezembro ocorrem no Aero Clube reuniões para acertos para fundação da realmente primeira estação.

O “Indicador da Agência Pernambucana” comemora o primeiro aniversário. Como na Copa da França (1938) retransmite os jogos do selecionado. Agora contra a Argentina pela Copa Roca (domingo, 14 e 22) em cadeia com a rede nacional de emissoras direto do Estádio de São Januário, pertencente ao Clube de Regatas Vasco da Gama, com estes resultados: 1 x 5 e 3 x 2. Os enfrentamentos posteriores em Buenos Aires.

Dois dias depois o cônsul chileno Carlos Lamas (um dos envolvidos nas experiências anteriores da radiofonia e personagem central da definitiva iniciativa) recebe uma notícia traumática sobre a terra natal. O terremoto de Chillán (terça-feira, 24/1/1939), intensidade 7,8 (Escala Richter), causa 30 mil mortes e destruição de 3.500 casas.

O epicentro, no final da noite, repercute em Concépcion (Região de Biobío), província do mesmo nome, maior centro industrial e segunda região metropolitana. O sismo está entre os dez maiores na América Latina e o País participa com cinco deles, inclusive esta ocorrência, na quinta colocação.

Entretanto não se abate, recebe doações dos estudantes potiguares (Grupo Escolar Frei Miguelinho), que arrecadam 80:000$000 (contos de réis era a moeda vigente antes do Cruzeiro ser implantado no começo da década seguinte).

Entregues pelo professor Luís Soares Correia ao cônsul Carlos Lamas. São turmas (primeiro ao sexto ano) coordenadas pelas professoras Maria Cunha Fernandes, Beatriz Leite de Morais, Nísia Fernandes, Raimunda Rocha, Julieta Guimarães, Beatriz Cortez, Letice Rocha, Leonor de Vasconcelos Eugenio Fernandes e Sílvio Tavares (A Ordem – 1043 – sábado, 4/3).

E participa da definição da sociedade civil que vai controlar a REN (31/1). O jornal diário “A Ordem” 18 dias depois (Edição 1.033 – sábado, 18/2) publica ofício integralmente: – A diretoria efetiva, cujos nomes se encontram abaixo, é, de antemão, uma garantia da vitória dos desígnios…

Os sócios: Conselho Administrativo – João Galvão Filho (presidente), Januário Cicco (vice-presidente), Sílvio de Souza (primeiro secretário), José Gurgel do Amaral Valente (segundo secretário), José Elpídio dos Santos (tesoureiro), Moisés Meireles (segundo tesoureiro), Paulo Pinheiro de Viveiros (orador) e Francisco Ivo Filho (procurador);

Comissão fiscal: Davi Cunha, João Meireles, Adalberto Marques, José A. dos Santos e Severino Alves Bila; Conselho técnico: Carlos Lamas (diretor de rádio), Carlos Farache (diretor comercial), Luís da Câmara Cascudo (diretor cultural), Waldemar de Almeida (diretor artístico) e Aderbal de França (diretor de publicidade).

O vespertino (1.070 – quarta-feira) noticia que o secretário geral, interventor em exercício, autoriza o procurador fiscal do Departamento da Fazenda para doar terreno na Avenida Deodoro (49 metros de frente e 68 de fundo) para construção da sede e estúdios. Com cláusula para reversão ao patrimônio público em caso de dissolução da sociedade ou desistência da finalidade a que se destina.

Na edição dominical (9) noticia para ás 10 horas o lançamento da pedra fundamental da REN com uma fotografia em três colunas da foto do anteprojeto do prédio. A solenidade conta com presenças do ex-deputado federal e interventor Rafael Fernandes Gurjão (Pau dos Ferros, 24/10/1891 – Rio de Janeiro, 11/6/1952), bacharel Celso Amâncio Ramalho (outro envolvido nas primeiras tentativas) e fala do advogado Paulo Viveiros em nome do grupo.

O registro está sendo encaminhado no Rio de Janeiro pelo advogado Alberto Roseli (figurinha carimbada nos primórdios da implantação do futebol na capital). – Trata-se de empreendimento de larga envergadura, na qual estão empenhados pessoas de representação social, com apoio das autoridades estaduais e municipais, que tem dado auxílios monetários e apoio moral, diz o jornal.

Os 19 sócios-proprietários subscreveram ações que totalizam 50:000$. A estação terá capacidade de 1 KW (cinco mil quilos watts). Em 3 de maio expediente da Prefeitura registra despacho de ofício da REN, cujo objeto a pesquisa não identifica, apesar da imprensa divulgar os atos administrativos da municipalidade.

Enquanto não aparecem outras novidades sobre o projeto pioneiro de radiofonia, desde março o “Indicador” permanece sem concorrência local e continua com a cobertura das solenidades, como a conferência da professora pernambucana Nair de Andrade sobre “Cooperativismo Escolar” (março), culminando com a criação do Grupo Escolar Modelo Augusto Severo.

Luiz Romão de Almeida, o dono da amplificadora, inaugura mais um posto de transmissão, agora no Alecrim (sábado, 13/5). O alto-falante fica em frente à sede da Associação dos Escoteiros. A programação de abertura (19 horas) começa com a execução do Hino Nacional, seguido de Dioclécio Duarte direto do estúdio com dissertação “O desenvolvimento moral e social do bairro…”

Em junho (12) acontece a inauguração do sistema no mercado público. Custeado pelo prefeito Gentil Ferreira de Souza (parente do atual presidente da Assembléia Legislativa). A trégua entre a agência e o jornal é quebrada por uma reclamação que resulta em visita do empreendedor privado a redação, quando informa sobre a colocação de letreiro no estúdio para evitar casos futuros. Diz a nota “Irradiações da Agência Pernambucana”:

– Pedimos aos anunciantes e ocupantes de nosso microfone o obséquio de não usarem frases de humorismo fortes e apimentadas, quando confeccionarem anúncios ou por qualquer motivo se servirem do estúdio para pronunciarem discursos ou declamar versos. DEFENDEMOS A TODO CUSTO A MORALIDADE PÚBLICA.

A vida segue normal, inclusive com o Indicador retransmitindo a programação brasileira da BBC, quando o nazismo invade a Polônia e estoura a II Guerra (9/9). Até a “senhorinha” Elza Romão de Almeida agradece a nota pelo aniversário (27) publicada na sessão especializada do vespertino ligado a Igreja.

E como em outubro do ano anterior cobre novamente “A Semana da Criança” com palestras de Cascudo (“A proteção social da criança”) e Luiz Soares (“Criança, escola e escotismo”). Em seguida é a vez da “Festa de Cristo-Rei”, agora com oito “poderosos” alto-falantes e ainda em combinação com Sérgio Severo, que instala amplificador “Philips”.

No começo de novembro a bola da vez é o “Dia dos Comerciários”, inclusive com a participação de Gumercindo Saraiva. Enquanto aparece mais uma oficina para conserto de aparelhos, a cargo de Euclides Azevedo, com informações na Agencia Condor (Frei Miguelinho, 119), aquela mesma dos aviões do Sindicato de origem alemã, pois o Brasil ainda não havia rompido com o Eixo, o que aconteceria bem posteriormente.

Dezembro chega com o “Dia do Marinheiro” e o comandante da Escola de Aprendizes, capitão Edgar Serra do Vale Pereira, ocupa o microfone do IAP (quarta-feira, 13). No domingo (17) transmite discurso do interventor direto da residência oficial, a Vila Cincinato (Praça Pedro Velho). O médico Rafael Fernandes chegara no dia anterior do Rio, pelo avião “Iarussú”, que aterrissou na “Limpa”.

 

FONTES

A Ordem

A República

Diário de Natal

Assessorn

Política de Privacidade — Garantir a confidencialidade dos dados pessoais dos usuários é de alta importância para nós, todas as informações pessoais relativas a membros, assinantes, clientes ou visitantes que utilizam nossos sistemas serão tratadas em concordância com a Lei da Proteção de Dados Pessoais de 26 de Outubro de 1998 (Lei n.º 67/98). As informações pessoais recolhidas podem incluir nome, e-mail, telefone, endereço, data de nascimento e/ou outros. O uso de nossos sistemas pressupõe a aceitação deste Acordo de Privacidade. Reservamos o direito de alterar este acordo sem aviso prévio, por isso recomendamos que você verifique nossa política de privacidade regularmente para manter-se atualizado(a). Anúncios — Assim como outros sites, coletamos e utilizamos informações contidas em anúncios, como seu endereço de IP (Internet Protocol), seu ISP (Internet Service Provider), o navegador utilizado nas visitas a nossos sites (Chrome/Safari/Firefox), o tempo de visita e quais páginas foram visitadas. Sites de Clientes — Possuímos ligação direta com os sites de nossos clientes, os quais podem conter informações/ferramentas úteis para seus visitantes. Nossa política de privacidade não se aplica a sites de clientes, caso visite outro site a partir do nosso, deverá ler sua própria politica de privacidade. Não nos responsabilizamos pela política de privacidade ou conteúdo presente nesses sites. Para maiores informações, entre em contato conosco.